terça-feira, 24 de março de 2009

Quadro Vivo

4 comentários:

Gisele disse...

Linda essa foto Marcia!
Bjs minha querida!

bia disse...

Linda, linda imagem...amei!

geraldoepoesia disse...

Janelas de Deus
Janela aberta
Moldura da obra de Deus
Paisagem do vento, da brisa, da ventania.

Presente de artista anônimo
à lente de quem enxerga o
que ninguém vê: fotógrafo.

Esta é a poesia possível...
Pois ela já foi concebida antes,
pela lente do vidente.

Imagina!
Quantas telas são possíveis?
Quanta gente pode debruçar
na janela do Senhor?
Imagina!

Parabéns pela poesia fotográfica. Do amigo da sua dinda Alice,
Geraldo Ferreira - Rio de Janeiro - RJ

Silvana Machado disse...

Oi, achei teu blog, nos blogs recomendados pela Bia (Objetos de Cena) e só pelo nome já me chamou atenção, depois que entrei então, fiquei fascinada.
Amo fotografia e a forma e visão como vc as capta me deixou fascinada.
Parabéns...
Vou estar sempre por aqui...

Bjos